Andarilhocast #05 – O veredito sobre Batman V Superman

Andarilho_Conectado_05
Reproduzir

Olá amigos Conectados ao Andarilho Conectado!

Se a formula da Felicidade é Realização dividida pela Expectativa, sendo que, para ser feliz, esse resultado tem que ser maior ou igual a um, então nós falaremos, felizes, nesse episódio, sobre o veredito do filme Batman vs. Superman: A Origem da Justiça. Esse subtítulo poderia ser alterado para “A Origem da INjustiça” devido às críticas pesadas que esse ótimo filme recebeu. E, nesse episódio, vamos explicar nossa opinião, apontaremos as sutis referências às HQs que Zack Snyder e seu fan service sem fim nos proporcionaram.

Podemos dizer que essa é uma das obras do cinema que melhor retrata a essência dos personagens Batman e Superman e o universo dos quadrinhos da DC. Mas antes de analisarmos o filme, devemos calibrar as nossas expectativas, pois o filme por si só possui alguns problemas de ritmo devido à inserção de tantas referências das HQs que passam despercebidas pelo público geral, o que explica a polaridade de opiniões, pois essas referências preenchem os debates dos fãs, mas podem deixar o expectador que não acompanha esse universo um pouco deslocado. Outro ponto que explica a dificuldade de satisfação das expectativas a respeito do filme em relação ao público geral e até mesmo a parte dos fãs é a quebra de paradigma que esse filme propõe em contraposição ao que a Marvel tem feito nos cinemas e até mesmo ao que o Batman de Nolan mostrou. O filme de Zack Snyder é denso, leva bastante a sério a pesada carga dramática e se pauta na sutileza das referências às HQs, de uma forma que o público desse gênero só viu antes em filmes como Watchmen e Man of Steel, do próprio Snyder. Talvez, a diferença aqui é a grandiosidade e o alcance que esses dois personagens, juntos, proporcionaram ao chamar a atenção do público geral. É difícil a missão do Snyder de superar expectativas nesse contexto. Contudo, ele entrega o que promete. Esqueçam o que sabem sobre Batman e Superman no cinema e estejam abertos para serem apresentados a esse universo sob um novo olhar, de um grande diretor e fã de quadrinhos.

Convido a todos para ouvirem agora a nossa análise do filme. Apertem o play e divirtam-se!

Veredito do Andarilho_BvS

Obrigado ouvinte por continuar conosco.

Participaram do programa David Lessa (Panda), Flávio Ventura (Bill),  Roger Millard e Seu Francisco, Rubens Lima, Lorena Coelho (Lolô) e Miguel Manrubia (O Andarilho).

Assine nosso feed: http://andarilhoconectado.com.br/podcast/feedpodcast_ac.xml

Email: contato@andarilhoconectado.com.br

Twitter: @andarilhocast

Facebook/Andarilho Conectado

Podcasts parceiros:

  • http://pixelvelho.com.br/
  • http://mentesbrilhantes.net.br/
  • http://professorbira.com/
  • http://www.70escutar.com.br/
  • http://www.friendszone.com.br/
  • http://sextasemedicao.com.br/

 

Confira abaixo links e imagens refenciados nesse podcast:

Ilustrador: http://rubenslima.deviantart.com/gallery/

^F51BD5E43DEC1E421084E2712E90D26A4FA99785B456A39293^tfile_urlpv

^4F362FB2A936874E42538857312DD3C4655111F43229F2F52A^pimgpsh_thumbnail_win_distr

^F60E86CD90A6E234143C0C35F182E373A8E2FD4616504DE0EA^tfile_urlpv
Imagem usada como referência para uma cena do filme, mencionada no podcast.
http://www.adorocinema.com/filmes/filme-219262/criticas/
Errata: O resumo das críticas da imprensa foi feito pelo site Adoro Cinema e não pelo IMDB como citado no podcast.

 

12 comments on “Andarilhocast #05 – O veredito sobre Batman V Superman

  1. “Posso não concordar com o que você diz, mas defenderei até a morte o seu direito de dizê-lo”.
    Parabéns pelo trabalho de vocês. Infelizmente tenho uma opinião muito diferente quanto ao filme…. fiquei um pouco decepcionado e espera sinceramente que o roteiro do filme fosse muito, mais muito melhor. Vamos ver o que os próximos filmes da DC vão nos reservar. E que venha a Guerra Civil !!!!!

    • Olá meu amigo Metal! Sim. É isso mesmo. Respeitamos sua posição e aqui você sempre terá voz. Obrigado por compartilhar sua opinião conosco e pela audiência e apoio ao nosso Podcast.
      Eu pessoalmente fico preocupado mais com a repercussão dessa divergência de opiniões do que com a diferença entre elas, pois sabemos que diferenças sempre existirão e isso é muito saudável. O que me preocupa é o excesso de mídia que isso está repercutindo e o que os produtores vão pensar. Se conseguirem assimilar as críticas e melhorar, acho que teremos filmes incríveis. Contudo, penso que isso pode causar uma mudança de rota drástica apenas para dar resposta às críticas e isso pode interferir na linha de raciocínio do projeto que já é polêmico. rsrs. Enfim, vamos torcer. E que venha Guerra Civil, nosso próximo Podcast.

      Abraços!

  2. Primeiro gostaria de parabenizá-los pelo excelente podcast. O filme realmente é recheado de sutilezas e “fan services” e o trabalho de vocês serve de advogado perfeito pra uma obra tão mal interpretada para a maioria como esta. Quando vocês começaram a falar das marcas que o Lex detinha, eu comecei a ficar incomodado e então vocês me lançam uma interpretação maior do que a que eu estava pensando!! Sensacional!
    Obs: A lança ao qual fazem referência, se chama Lança de Longino (ou Lança Sagrada, Lança do Destino), é uma peça da tradição católica que aparece somente em um evangelho (João 19:34-36). Lembrando que nenhum dos ossos do Superman foram quebrados, assim como é dito nesse versículo do evangelho.

    • Olá Marcos, tudo bem? Primeiramente muito obrigado por deixar seu comentário e sua opinião.
      Para nós, isso é muito importante, pois nos ajuda a entender o que fazer para melhorar sempre. Afinal, o programa é para vocês. Ficamos felizes que tenha gostado!
      Sobre sua contribuição, faremos questão de referenciá-la no próximo episódio, pois agrega no entendimento dessa importante cena.
      Continue conosco. O próximo episódio é um Andarilho Express sobre Expectativas para o Guerra Civil, novo filme da Marvel.
      Mais uma vez obrigado. Forte abraço da equipe Andarilho Conectado.

  3. Primeiro, queria dizer o quanto vocês foram felizes na produção desse episódio, principalmente no que diz respeito a valorizar o que há de bom nesse filme. Sim, esse filme não é nenhum Liga da Justiça de 1997. Contudo, tenho a dizer que estou no grupo de pessoas que achou o filme mediano (5 de 10) mesmo valorizando 70% do que foi dito no podcast. Só que para mim (e nesse caso é uma questão extremamente pessoal), a massa que une esse conjunto de boas ideias e conceitos foi fraca, e me desligava constantemente da experiência de ver o filme. Por exemplo, sou muito a favor da valorização da mulher e demais formas de representatividade pouco exploradas no cinema (assim como foi muito bem feito em Star wars e Mad Max ano passado), contudo, assim como foi dito no próprio podcast, a Mulher maravilha parece ter sido inserida no roteiro pós ele estar finalizado. Sei que talvez tenha a algo a ser trabalhado naquela foto, contudo a busca por uma foto digital é uma busca sem sentido, afinal ela já era uma imagem escaneada de um original, que por sua vez foi copiada pelo Batman e em seguida enviada por email gerando uma nova copia, ou seja, só nesse meio tempo já podemos contar 4 copias dela. Não fazia sentido ela pegar o bat-pendrive para tentar reaver uma copia de uma imagem. Além desse tive outros incômodos que em alguns casos influenciaram diretamente no desenrolar dos fatos da estória, como, a Lois voltando para buscar a lança sem nem saber da existência do Apocalipse, e muito menos de que ele era semi-cryptoniano. Sei que talvez tenha uma cena cortada, mas, o filme que vi é assim. Se quiserem ler sobre mais desses meus incomodos, acesse meu comentário no site Filmow (goo.gl/1y6Fef), pois aqui, eu queria finalizar meu comentário de forma esperançosa de que com essa repercussão conflituosa, os estúdios ajam de maneira mais cautelosa quanto a talvez estarem forçando inserções e cortes em narrativas de maneira irresponsável. Como acompanhamos nesse filme e em Vingadores 2 da “concorrente”, que originalmente teria 3h15min mas acabou lançado com 2h 21min. Claro que esse último não sofreu tanto, principalmente por se tratar de um filme apoiado por 10 anteriores. E nem venham me dizer que é uma ideia boa para que o estúdio ganhe mais dinheiro, ao ter mais exibições por dia, afinal, as duas maiores bilheterias do cinema discordam disso com suas 3 horas de filme cada. Sendo assim, espero que Deadpool, lançado esse ano, seja um exemplo, pois, sabemos abertamente ter sido um filme desacreditado desde o início pela Fox, mas que se mostrou ser assertivamente o que seu público queria conforme seus criadores apontavam.

    É isso. Um abraço a todos os Andarilhos por aí!

    • Olá Marcelão! Muito obrigado pelo apoio e por compartilhar conosco sua opinião.

      Entendemos muito bem o seu ponto de vista e mesmo sem compartilhar dele, nós o respeitamos. Pois, gostar ou não gostar é algo de fato muito pessoal, assim como não aceitar certas soluções de roteiro e clichês, como mencionado no seu comentário e na crítica que você postou no Filmow. De toda forma, seus argumentos são coerentes e isso já fomenta um bom debate sobre esse filme e tantos outros do gênero. Acho que vai de cada um mesmo. Nós tentamos extrair o que há de melhor no filme, mas sabemos que não foi uma tarefa fácil. rsrs.

      Eu não pretendo convencê-lo do contrário, mas gostaria de fornecer mais um ponto de vista para esse debate. A respeito das inconsistências apontadas e clichês, eu tenho refletido bastante sobre isso e assim como você, eu sou um fã e um leitor de HQs. Eu penso que certas coisas funcionam mesmo somente em HQs. Pois, esses chamados “furos” são constantes em várias histórias de quadrinhos. Até mesmo as consagradas, como Liga da Justiça – Torre de Babel.
      Se fossemos analisar esse roteiro com o mesmo rigor que analisamos um filme, certamente essa história não seria um clássico. Pois, sem querer dar spoilers, o principal núcleo de roteiro dessa história se baseia nos planos que o Batman possui contra cada membro da Liga. O roteiro buscou uma motivação para usar esses planos e fez com que caissem em mãos erradas. Mas, sinceramente, esse roteiro também deixa furos de igual teor se comparado ao roteiro de Batman V Superman. Para concluir, devo dizer que o principal “erro” desse filme foi ser HQ demais. E acrecento ainda que, o nível de cobrança, tolerância e expectativa. Olha a fórmula da Felicidade aí, rsrs… Atua nas telonas de forma mais rigorosa do que nas HQs.
      Mas, essa é só minha opinião / ponto de vista. rsrs … Que não desabona em nada as opiniões contrárias e legitimas que foram apresentadas de forma coerente como a sua.

      Valeu, meu amigo. Continue conosco.

      Próxima polêmica, digo, episódio, será sobre Guerra Civil.
      Esteja sempre convidado a participar conosco.

      Forte abraço.

      Equipe Andarilho Conectado
      Miguel Manrubia.

  4. Ola Miguel. Eu é que agradeço ter esse canal aberto de diálogo respeitoso e construtivo. Mas vamos lá acrescentar mais, ou ao menos ajustar alguns detalhes.

    Primeiramente queria registrar que como planejado, fui ver novamente o filme. E que ganhou, mais meio ponto na minha avaliação ao perceber que uma das coisas que muito vinha me incomodando, na verdade foi um erro de interpretação meu (fiz até uma nova observação lá no Filmow).

    Agora, complementando o que disse, e até clareando um pouco as coisa (que podem ter se perdido em alguns momentos), minha crítica não é exatamente com os “clichês” e/ou “erros” em específico. O foco da minha crítica é o de colocarem tanta informação em um filme de pouco mais de 2 horas, sem necessidade. Digo sem necessidade, pois, estamos falando do primeiro encontro no cinema dos dois maiores heróis dos quadrinhos, ou seja, ao meu ver, seria fácil produzirem um filme de 4 horas ou até mesmo dois filmes de 3hs cada, divididos em um intervalo de lançamento de uns 6 meses, por exemplo (ideia surgida em uma conversa que tive com o Rubens aí do programa). Alguns podem até dizer que há muito investimento, mas, estamos falando da galera que transformou um livro do Hobbit em 3 três filmes de 3 horas. Além disso vivemos o “bum” dos filmes de quadrinhos e temos o respaldo recente de uma trilogia muito lucrativa do Batman, além é claro, do fato de que mesmo antes de ter o feedback desse filme, a Warner vinha produzindo dois outros filmes desse mesmo universo.

    Concluindo, acho que toda esse feedback controverso poderia ser facilmente evitado, se houvesse tempo para que a narrativa fosse mais desenvolvida e também dando um pouco de tempo para se absorver todas as informações (o que é diferente de entregar a informação mastigada, como algumas pessoas podem achar que estou falando).

    É isso! Espero estar contribuindo com alguma coisa, e espero mais conversas desse tipo. Um abraço!

    Obs.: E para não deixar de me sentir ali no programa, minha nota agora é 3/5 que entra como um filme da categoria “bom” na minha escala (2,5 é meu regular) que tem 4 como um filme “muito bom” e 5 um filme excepcional.

  5. Que bom Marcelão! Fico feliz que o filme tenha ganhado esse precioso meio pontinho e mesmo concordando com você sobre a questão da necessidade de desenvolvimento da narrativa e também sobre o tempo total do filme, penso que é justo uma nota pelo menos 3. Nós, do podcast, demos entre 4 e 4,5, mas acho que seu veredito é bem coerente também. Obrigado por colaborar sempre conosco. Forte abraço!
    PS.: Fiquei curioso com a mencionada correção na sua postagem do filmow, terei que conferir. rsrs.

  6. Caras, parabéns, vocês mencionaram muitas coisas dos temas complexos desse filme complexo e profundo.Ainda tem mais coisas ali dentro, mas encontra-los é com cada um, mas parabéns por vocês terem entendido as sutilezas geniais dessa obra prima e mencionar várias delas nesse podcast.Que a propósito, ouvi a grande maioria que rola na internet aqui, e o podcast de vocês sobre esse filme é o melhor, muito difícil de superar o podcast Batman V Superman de vocês, estão de parabéns mesmo.
    É a melhor adaptação de HQs, melhor ainda por ser um filme maduro, pra quem gosta de pensar degustando um Excelente filme.Esse podcast foi excelente como o filme.
    Espero que não tenham influência externa nenhuma atrapalhando a opinião de vocês, como em outros podcasts e sites “nerds” por ai.
    Obrigado pelo Excelente podcast !!!

    • Olá Anderson! Muito obrigado pela audiência e pelos elogios.

      Fique tranquilo: nossa opinião não teve influência externa, até porque foi difícil encontrar opiniões publicadas que se assemelhassem à nossa, rsrs…
      Ouvimos outros podcasts e resenhas, incluímos, de modo geral, uma diversidade de opiniões nesse post para demonstrar o comparativo dessa polaridade de opiniões, mas a linha de interpretação que abordamos é algo que defendemos. Até porque, na nossa avaliação, esse excelente filme foi injustiçado.

      Mais uma vez, obrigado. Sua opinião é muito importante para nós e daremos destaque a ela na próxima gravação. Portanto, continue conosco. Ouça nossos outros episódios e nos dê sua contribuição novamente. A razão de ser desse projeto são os ouvintes. E esse retorno, por meio do post e das redes sociais nos motiva a desenvolver sempre mais conteúdos e a nos empenharmos na melhoria constante dos podcasts.

      Grande abraço da equipe Andarilho Conectado.

  7. Olá andarilhos, vocês já assistiram a versão estendida do filme ?
    Na verdade ela é a versão real do Snyder, mas por motivos da Warner o filme foi cortado em 30m de narrativa.Essa versão aperfeiçoa o filme que já era excelente.
    Vocês pretendem fazer algo sobre essa versão ?

    Abraço !

    • Olá Anderson, boa noite!
      Mil desculpas pela demora na resposta. Precisei ficar inativo para terminar umas tarefas no mestrado esse mês.
      Sobre a versão extendida, vimos sim. Na minha opinião, um primor! Ficou ainda melhor que a versão normal. E sim, vale um podcast sobre essa versão. Falarei com a equipe e daremos notícias em breve de um novo post.

      Obrigado por acompanhar. Estamos de volta, muitos lançamentos e novidades da Comic Con que estamos loucos para comentar.

      Forte Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *